Heir to Sevenwaters

Publicada por Patricia

n265008

“The chieftains of Sevenwaters have long been custodians of a vast and mysterious forest. Human and Otherworld dwellers have existed there side by side, sharing a wary trust. Until the spring when Lady Aisling of Sevenwaters finds herself expecting another child—a new heir to Sevenwaters.
Then the family’s joy turns to despair when the baby is taken from his room and something...unnatural is left in his place. To reclaim her newborn brother, Clodagh must enter the shadowy Otherworld and confront the powerful prince who rules there.”

Dez anos depois de ter sido publicado pela primeira vez “A filha da floresta”, o primeiro livro da triologia de Sevenwaters, Juliet Marillier volta  a pegar em algumas personagens desta saga e oferece-nos a história de um dos seus descendentes – Clodagh. Apesar de realmente adorar a obra desta escritora, foi ainda com expectativas mais elevadas que iniciei a leitura deste livro – Heir to Sevenwaters – já que a triologia de Sevenwaters é constítuida por alguns dos meus livros preferidos, talvez também por terem sido os primeiros que li. Devo dizer que não fiquei desiludida.

Em Heir to Sevenwaters voltamos a encontrar o mundo mágico de Marillier, onde os caminhos dos humanos estão entrelaçados com os dos Old Ones e onde o mundo que conhecemos faz fronteira com um mundo fantástico, onde o tempo decorre a ritmos diferentes e onde um humano se pode perder para sempre.

À parte da magia, Marillier presenteia-nos com uma história de amor, entre um casal improvável, que tem que colocar à prova os seus sentimentos para conseguir ultrapassar os desafios colocados pelos deuses.

Enquanto isso, para o Lord Sean continuam a existir todos os dilemas políticos e estratégicos que frequentemente opõem norte e sul, ao mesmo tempo que a sua esposa, já anteriormente de saúde frágil, se debate com o desespero do desaparecimento de dois filhos.

Extremamente bem escrito, extremamente envolvente este livro não nega a autora. Foi óptima voltar a ler uma obra direccionada para o público adulto, depois de O Segredo de Cibele. Para quem não leu os volumes da triologia de Sevenwaters, ainda assim é possível pergar neste livro, dado que a história é relativamente independente. Só posso aconselhar, se gostam de romance fantástico, não deixem de ler.

3 comentários:

  1. Dieneces disse...

    Já o comprei há um tempo mas só ontem é que acabei de ler o ultimo livro da trilogia das Cronicas de Bridei.

    Vou pegar neste e coo sempre devora-lo numa questão de dias ;)

  2. Patricia disse...

    As Cronicas de Bridei é a minha trilogia favorita depois da de sevenwaters :-)

  3. Dieneces disse...

    Por acaso nem consigo dizer qual é a trilogia que gosto mais. Adoro as duas :)

Enviar um comentário